quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Carvalho pede desculpas e evangélicos veem mal-estar resolvido

O Movimento LGBT do Brasil não pode deixar esta notícia passar em Branco.
Os religiosos fundamentalistas pensam que vão barrar os avanços sociais e de direitos humanos no Brasil, estão enganados.
 
Está na hora de a Presidente e os Ministérios definirem como pensa "O Governo".
Não dá para aceitarmos que um ministério pense de um jeito e outro de jeito contrário, antagônico.
 
Os Direitos Sexuais e Reprodutivos são ou não são pauta do governo Dilma? O Brasil vai continuar na contramão da história, com legislação mais atrasada que a maioria dos países da América Latina, ou vai deixar que a sociedade siga seu curso?
 
Existimos respeito a LAICIDADE DO ESTADO BRASILEIRO!
================================================

Carvalho pede desculpas e evangélicos veem mal-estar resolvido

BRASÍLIA, 15 Fev (Reuters) - A controvérsia entre a Frente Parlamentar Evangélica e o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, por conta de supostas declarações do ministro que provocaram mal-estar na bancada, é assunto encerrado após pedido de desculpas, afirmou nesta quarta-feira o presidente da frente, João Campos (PSDB-GO).

Carvalho participou de uma reunião com a bancada evangélica no Congresso para acalmar os ânimos, inflamados após afirmações atribuídas ao ministro. Ele teria dito, durante o Fórum Social Mundial no mês passado, em Porto Alegre, que o Estado deveria promover uma "disputa ideológica" com as igrejas evangélicas pela influência nas classes emergentes.

"(Carvalho) se retratou de forma sincera e honesta", disse Campos. "Para a Frente Parlamentar evangélica essa é uma matéria vencida", declarou o presidente a jornalistas.

Durante a reunião, Carvalho sustentou que houve uma "interpretação equivocada" de suas declarações e que seria uma "loucura" a tese de que o governo estaria se preparando para disputar espaço com as igrejas.

"Está resolvido o problema e o pedido de desculpas, de perdão, que fiz não foi pelas minhas palavras, foi pelo sentimento que elas provocaram em alguns deputados e senadores em função das interpretações que surgiram em Porto Alegre", disse o ministro após o encontro com os evangélicos, ressaltando que o governo considera as igrejas como "parceiras", principalmente no âmbito do programa de erradicação da pobreza "Brasil sem Miséria".

A ida do ministro ao Congresso para o encontro com a frente e o pedido de desculpas aparentemente interrompem a indisposição com a bancada evangélica, que nutria dúvidas a respeito da postura do governo em relação a temas polêmicos, como a legalização do aborto e de casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Carvalho levou à bancada um recado da presidente Dilma Rousseff, reiterando seu compromisso de campanha segundo o qual o governo não tomará iniciativas para modificar a legislação existente sobre o aborto e casamento entre homossexuais.

Reportagem de Maria Carolina Marcello

http://br.reuters.com/article/topNews/idBRSPE81E09Z20120215

Nenhum comentário:

ESTAMOS DE OLHO!

Pesquisa do Senado sobre a PLC 122/06 que criminaliza a HOMOFOBIA:

Os resultados da pesquisa de opinião realizada pelo Senado Federal a respeito da PL 122/06, que criminaliza a homofobia e outros crimes de discriminação, ainda não foram divulgados.

Isso nos preocupa um pouco, na medida em que os resultados acompanhados em tempo real pelo site, durante o mês de novembro, em vários momentos retrocederam em números reais.
Órgãos da imprensa noticiavam tentativa de invasão e possíveis alterações dos resultados (favorecendo o NÃO ao projeto).
Mandamos - novamente - mensagem ao "Alô Senado" esta semana para saber o que realmente ocorreu e ficaremos acompanhando suas respostas já que este projeto, além de interesse público geral, é de interesse específico das mulheres lésbicas de todo o país.

PESQUISA - divulgação de resultados

PESQUISA - divulgação de resultados
02 locais e horários diferentes em Porto Alegre, dia 11-05

Feministas unificam apresentação da pesquisa!

A apresentação da pesquisa "Mulheres Brasileiras nos espaços Públicos e Privado" será apresentada para TODO O MOVIMENTO FEMINISTA num único horário em POA:
11-05, das 9 às 11h30, no Auditório da CUT-RS.

Adote esta campanha!

Adote esta campanha!
Acorda Congresso!

Pela Aprovação do PLC122/06

Pela Aprovação do PLC122/06
Vote a favor do projeto pelo link http://www.naohomofobia.com.br/

16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra as Mulheres

16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra as Mulheres
16 dias de ativismo

Homens pelo fim da Violência contra as mulheres

Homens pelo fim da Violência contra as mulheres
http://www.homenspelofimdaviolencia.com.br/

SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

MANIFESTO LÉSBICO FEMINISTA ANTI-CAPITALISTA

29 de Agosto de 2008
Cique AQUI para acessar