sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Lançamento da Caravana de Defensores e Defensoras dos Direitos Humanos do RS

Olá amigos e amigas.

Convidamos todos e todas para o lançamento da Caravana de Defensores e Defensoras dos Direitos Humanos do Rio Grande do Sul, que acontecerá no dia 11 de agosto, no Sindisprev-RS (Travessa Francisco Leonardo Truda n. 40 - 12º andar). 

A Caravana inicia suas atividades em agosto de 2014. Os primeiros passos desta rota foram gestados durante o 1° Seminário de Defensores e Defensoras dos Direitos Humanos do Rio Grande do Sul, realizado nos dias 9, 10 e 11 de junho de 2014, em São Leopoldo, promovido pela Amencar, gestora do Programa de Proteção aos Defensores e Defensoras do Rio Grande do Sul (PPDDH-RS), e pelo Movimento Nacional dos Direitos Humanos (MNDH-RS), juntamente com uma série de parceiros/as do Estado do RS.

A partir da realidade dos movimentos e das lutas sociais e das trocas de experiências de atuação dos/as defensores e defensoras de direitos humanos, surgiu a proposta de tomar conhecimento das violações ocorridas nas diferentes localidades do Estado, bem como articular estratégias de proteção. 

A Caravana, portanto, é uma resposta às necessidades daqueles/as que estão à frente das lutas sociais. Um chamado para que juntos possam pensar novas formas de proteção. Este espaço também convida as pessoas para participarem de um grande encontro que acontecerá em novembro, unindo movimentos, lutas, redes de todo o Estado.

Onde vão acontecer as Caravanas: 
  • Passo Fundo
  • Erechim
  • Santa Maria
  • Quilombo Morro Alto, em Maquiné
  • Porto Alegre
Programação do Lançamento - 
11 de agosto, no Sindisprev-RS

18:15 - Abertura da atividade.

18:30 - Apresentação do histórico, memória do I Seminário, Grupo de Trabalho e lançamento das Caravanas. 

19:00 - Abertura para falas e compromissos das entidades presentes.

20:00 - Encerramento Cultural - Eduardo Solari canta América Latina. 

20:30 - Encerramento.



Um abraço!
Beatriz Rosane Lang
- Coordenadora de Organização do Movimento Nacional de Direitos Humanos

Nenhum comentário: