sábado, 1 de fevereiro de 2014

SENALE - PODE SER REALIZADO NO RS, AINDA EM 2014

O RS apresentou nacionalmente, através da LBL-RS, proposta às redes e demais lésbicas organizadas nas listas SENALE a proposta de realização do evento no RS, ainda no primeiro semestre de 2014.

O SENALE - Seminário Nacional de Lésbicas é o maior evento de deliberação de lésbicas e mulheres bissexuais do Brasil.
Deveria acontecer de dois em dois anos, mas sua última edição ocorreu no ano de 2010, em Porto Velho Rondônia.

A edição atual estava planejada para ocorrer em FORATALEZA, em 2015, mas levando em consideração a conjuntura nacional e os eventos de 2014 (Copa do Mundo e Eleições) resolvemos propor a antecipação.

As redes nacionais reuniram-se e acordaram encaminhar a proposta de forma conjunta. Agora estamos na fase de consulta às Lésbicas que compõem o grupo SENALE (qualquer lésbica ou mulher bissexual pode participar do grupo: Envie uma mensagem de acesso para senale@yahoogrupos.com.br e agarde resposta da moderadora.).

O RS já tem garantida, através de parceria sem custo com o movimento social um espaço da APSEF na zona sul, capaz de alojar e realizar o evento para um tortal de 200 mulheres.

Alimentação e traslados já estão em negociação com as secretarias Estaduais e Municipais de Mulheres e de DH.

A grande demanda a ser sanada pelas redes nacionais, caso se aprove a realização do evento no RS é o deslocamento aéreo dos Estados para POA. Tratativas já estão sendo feitas com Ministérios e Governo Federal para garantir parte dos deslocamentos. A outra parte terá de ser conseguida pelo apoio dos movimentos sociais e governos locais nos diversos estados.

Veja abaixo como isso tudo evoluiu até este ponto:
========================

Queridas companheiras lésbicas e bissexuais,

O motivo deste INFORMATIVO é para voltarmos a discutir coletivamente sobre o nosso Seminário Nacional de Lésbicas- SENALE. É sabido por todas que o último SENALE ocorreu em maio de 2010 na cidade de Porto Velho – Rondônia. Desde lá, muitas coisas aconteceram dentro do cenário político e cultural brasileiro e, infelizmente, nós militantes de redes de lésbicas e bissexuais, bem como as militantes independentes e autônomas, não conseguimos nos reunir, novamente, para avaliarmos estes cenários e fortalecermos nossas lutas contra o machismo, racismo e a lesbo/bifobias.

O SENALE deveria ter ocorrido no ano de 2012, em Brasília (pois este foi o encaminhamento tirado no SENALE de Porto Velho), contudo, devido vários motivos, não conseguimos nos organizar e unir esforços para levar à cabo esta proposta.

Assim, em 2013, durante o 10º SEMINÁRIO DA CIDADANIA E VISIBILIDADE LÉSBICA DE NATAL/RN promovido pelo GAMI, em setembro, lésbicas e bissexuais representantes das redes de lésbicas, feministas e LGBT fizeram uma reunião extra oficial e sugeriram que o SENALE ocorressem na cidade de Fortaleza, em 2015. Esta proposta foi acatada pelas lésbicas e bi de Fortaleza/CE que se encontravam neste evento.

Entretanto, durante algumas reuniões entre as queridas companheiras que estão em diversos Conselhos Nacionais junto ao governo federal, bem como durante o Fórum Mundial de Direitos Humanos , ocorrido no mês de dezembro, mais uma vez as redes e demais militantes lésbicas e bissexuais independentes, aproveitaram este evento para realizarem reuniões afim de discutir o cenário e o SENALE, inclusive com representantes de Fortaleza/CE.

Durante a análise coletiva para avaliar a conjuntura política de cada estado e cidade, as companheiras de Porto Alegre, lançaram a proposta para que o SENALE fosse realizado nesta cidade, uma vez que já tinham o apoio do governo local para garantir alimentação e hospedagem. Alegou- se o seguinte:
- o SENALE não acontece há mais de dois anos;
- o SENALE nunca aconteceu na região sul;
- Foi conseguido a garantia de estadia e local do evento para 200 mulheres;
- Acredita-se ser fundamental o SENALE ser realizado no primeiro semestre de 2014 devido ser um ano de Eleição e Copa do Mundo.

Portanto, tendo em vista a situação super favorável existente em Porto Alegre/RS, bem como a concordância das militantes de Fortaleza, avaliou-se é mais estratégico neste momento a realização do SENALE em 2014, no final do mês de maio.

Tendo em vista que o SENALE, bem como esta lista virtual, é o espaço LEGÍTIMO para as deliberarmos e encaminharmos questões relacionadas ao movimento de lésbicas e bissexuais brasileiro, gostaríamos de saber se todas estão de acordo!

A Guilhermina (companheira da ABGLT) já soltou um informe detalhado na lista virtual do SENALE, contudo, não vimos manifestações sobre o assunto, por isso, aproveitamos também para construir este espaço no FACE. Por favor se manifestem com urgencia sobre:

1 - o SENALE ser realizado em Porto Alegre
2- Quem ainda não está na lista virtual (de emails) do SENALE? 

Aguardamos retorno e informo também que posteriormente a Gui Cunha irá enviar outras informações sistematizadas sobre como estão os trâmites gerais. 

Nenhum comentário:

NÃO SE CALE DIANTE DA DISCRIMINAÇÃO

Art. 150 da Lei Orgânica do Município de Porto Alegre:

"Sofrerão penalidades de multa até a cassação do Alvará de instalação e funcionamento, os estabelecimentos de pessoas físicas e jurídicas que, no território do município, praticarem ato discriminatório racial, de gênero, por orientação sexual, étnica ou religiosa em razão de nascimento, idade, estado civil, de trabalho rural ou urbano, de filosofia ou convicção política, de deficiência física, imunológica, sensorial ou mental, de cumprimento de pena, cor ou em razão de qualquer particularidade ou condição". (Lei Orgânica do Município)

Lei nº 11.872/2002, do Estado do Rio Grande do Sul:


"Art. 1º - O Estado do Rio Grande do Sul, por sua administração direta e indireta, reconhece o respeito à igual dignidade da pessoa humana de todos os seus cidadãos, devendo, para tanto, promover sua integração e reprimir os atos atentatórios a esta dignidade, especialmente toda forma de discriminação fundada na orientação, práticas, manifestação, identidade, preferências sexuais, exercidas dentro dos limites da liberdade de cada um e sem prejuízos a terceiros.

§ 1º - Estão abrangidos nos efeitos protetivos desta Lei todas as pessoas, naturais e jurídicas, que sofrerem qualquer medida discriminatória em virtude de sua ligação, pública ou privada, com integrantes de grupos discriminados, suas organizações ou órgãos encarregados do desenvolvimento das políticas promotoras dos direitos humanos.

§ 2º - Equiparam-se aos órgãos e organizações acima referidos a coletividade de pessoas, ainda que indetermináveis, e sem personalidade jurídica, que colabore, de qualquer forma, na promoção dos direitos humanos".

Disque Denúncia

Disque 100

ESTAMOS DE OLHO!

Pesquisa do Senado sobre a PLC 122/06 que criminaliza a HOMOFOBIA:

Os resultados da pesquisa de opinião realizada pelo Senado Federal a respeito da PL 122/06, que criminaliza a homofobia e outros crimes de discriminação, ainda não foram divulgados.

Isso nos preocupa um pouco, na medida em que os resultados acompanhados em tempo real pelo site, durante o mês de novembro, em vários momentos retrocederam em números reais.
Órgãos da imprensa noticiavam tentativa de invasão e possíveis alterações dos resultados (favorecendo o NÃO ao projeto).
Mandamos - novamente - mensagem ao "Alô Senado" esta semana para saber o que realmente ocorreu e ficaremos acompanhando suas respostas já que este projeto, além de interesse público geral, é de interesse específico das mulheres lésbicas de todo o país.

Adote esta campanha!

Adote esta campanha!
Acorda Congresso!

GRANDE MARCHA FEMINISTA

A Ação 2010 da Marcha Mundial das Mulheres, que aconteceu de 08 a 18 de MARÇO de 2010, entre CAMPINAS e SP, reuniu mais de 2000 marchantes de todos os estados brasileiros onde a MMM se organiza.
Nós Mulheres Lésbicas, também estivemos nesta CAMINHADA, marcando nossa posição contra a lesbofobia, inclusive dentro do movimento feminista. Não foram poucos os momentos em que pautamos a dicussão do preconceito contra as mulheres lésbicas e bissexuais, aprofundando de forma consistente este debate no campo no feminismo.
Para saber mais acesse o blog da MMM:


http://mmm-rs.blogspot.com/
ou Leia o Documento de Divulgação da Ação 2010 no link:


http://www.sof.org.br/publica/jornal_acao_2010.pdf

MANIFESTO LÉSBICO FEMINISTA ANTI-CAPITALISTA

29 de Agosto de 2008
Cique AQUI para acessar