sábado, 1 de fevereiro de 2014

SENALE - PODE SER REALIZADO NO RS, AINDA EM 2014

O RS apresentou nacionalmente, através da LBL-RS, proposta às redes e demais lésbicas organizadas nas listas SENALE a proposta de realização do evento no RS, ainda no primeiro semestre de 2014.

O SENALE - Seminário Nacional de Lésbicas é o maior evento de deliberação de lésbicas e mulheres bissexuais do Brasil.
Deveria acontecer de dois em dois anos, mas sua última edição ocorreu no ano de 2010, em Porto Velho Rondônia.

A edição atual estava planejada para ocorrer em FORATALEZA, em 2015, mas levando em consideração a conjuntura nacional e os eventos de 2014 (Copa do Mundo e Eleições) resolvemos propor a antecipação.

As redes nacionais reuniram-se e acordaram encaminhar a proposta de forma conjunta. Agora estamos na fase de consulta às Lésbicas que compõem o grupo SENALE (qualquer lésbica ou mulher bissexual pode participar do grupo: Envie uma mensagem de acesso para senale@yahoogrupos.com.br e agarde resposta da moderadora.).

O RS já tem garantida, através de parceria sem custo com o movimento social um espaço da APSEF na zona sul, capaz de alojar e realizar o evento para um tortal de 200 mulheres.

Alimentação e traslados já estão em negociação com as secretarias Estaduais e Municipais de Mulheres e de DH.

A grande demanda a ser sanada pelas redes nacionais, caso se aprove a realização do evento no RS é o deslocamento aéreo dos Estados para POA. Tratativas já estão sendo feitas com Ministérios e Governo Federal para garantir parte dos deslocamentos. A outra parte terá de ser conseguida pelo apoio dos movimentos sociais e governos locais nos diversos estados.

Veja abaixo como isso tudo evoluiu até este ponto:
========================

Queridas companheiras lésbicas e bissexuais,

O motivo deste INFORMATIVO é para voltarmos a discutir coletivamente sobre o nosso Seminário Nacional de Lésbicas- SENALE. É sabido por todas que o último SENALE ocorreu em maio de 2010 na cidade de Porto Velho – Rondônia. Desde lá, muitas coisas aconteceram dentro do cenário político e cultural brasileiro e, infelizmente, nós militantes de redes de lésbicas e bissexuais, bem como as militantes independentes e autônomas, não conseguimos nos reunir, novamente, para avaliarmos estes cenários e fortalecermos nossas lutas contra o machismo, racismo e a lesbo/bifobias.

O SENALE deveria ter ocorrido no ano de 2012, em Brasília (pois este foi o encaminhamento tirado no SENALE de Porto Velho), contudo, devido vários motivos, não conseguimos nos organizar e unir esforços para levar à cabo esta proposta.

Assim, em 2013, durante o 10º SEMINÁRIO DA CIDADANIA E VISIBILIDADE LÉSBICA DE NATAL/RN promovido pelo GAMI, em setembro, lésbicas e bissexuais representantes das redes de lésbicas, feministas e LGBT fizeram uma reunião extra oficial e sugeriram que o SENALE ocorressem na cidade de Fortaleza, em 2015. Esta proposta foi acatada pelas lésbicas e bi de Fortaleza/CE que se encontravam neste evento.

Entretanto, durante algumas reuniões entre as queridas companheiras que estão em diversos Conselhos Nacionais junto ao governo federal, bem como durante o Fórum Mundial de Direitos Humanos , ocorrido no mês de dezembro, mais uma vez as redes e demais militantes lésbicas e bissexuais independentes, aproveitaram este evento para realizarem reuniões afim de discutir o cenário e o SENALE, inclusive com representantes de Fortaleza/CE.

Durante a análise coletiva para avaliar a conjuntura política de cada estado e cidade, as companheiras de Porto Alegre, lançaram a proposta para que o SENALE fosse realizado nesta cidade, uma vez que já tinham o apoio do governo local para garantir alimentação e hospedagem. Alegou- se o seguinte:
- o SENALE não acontece há mais de dois anos;
- o SENALE nunca aconteceu na região sul;
- Foi conseguido a garantia de estadia e local do evento para 200 mulheres;
- Acredita-se ser fundamental o SENALE ser realizado no primeiro semestre de 2014 devido ser um ano de Eleição e Copa do Mundo.

Portanto, tendo em vista a situação super favorável existente em Porto Alegre/RS, bem como a concordância das militantes de Fortaleza, avaliou-se é mais estratégico neste momento a realização do SENALE em 2014, no final do mês de maio.

Tendo em vista que o SENALE, bem como esta lista virtual, é o espaço LEGÍTIMO para as deliberarmos e encaminharmos questões relacionadas ao movimento de lésbicas e bissexuais brasileiro, gostaríamos de saber se todas estão de acordo!

A Guilhermina (companheira da ABGLT) já soltou um informe detalhado na lista virtual do SENALE, contudo, não vimos manifestações sobre o assunto, por isso, aproveitamos também para construir este espaço no FACE. Por favor se manifestem com urgencia sobre:

1 - o SENALE ser realizado em Porto Alegre
2- Quem ainda não está na lista virtual (de emails) do SENALE? 

Aguardamos retorno e informo também que posteriormente a Gui Cunha irá enviar outras informações sistematizadas sobre como estão os trâmites gerais. 

Nenhum comentário: