quarta-feira, 10 de julho de 2013

Projeto DO PRECONCEITO familiar

Projeto de lei da Câmara quer multar em até R$ 10 mil propaganda que tenha casal gay
Zimbaldi já deu parecer favorável

Tramita na Câmara dos Deputados um projeto de lei que, se aprovado, proíbe propagandas que não tenham como base a família formada por uma mulher e um homem – excluindo-se assim a família homoafetiva e outras configurações familiares (mães solteiras e pais solteiros, por exemplo). A proposta prevê multa de até R$ 10 mil para quem descumpri-la.

O Projeto de Lei da Câmara (PLC) 5.921 de 2001 dá normas sobre o que deve e não deve ser feito em propagandas voltadas para crianças e prega que "a família é a base da sociedade e, quando exibida na propaganda comercial, institucional ou governamental, deverá observar a unidade familiar prevista no artigo 226, §3º da Constituição Federal".

Segundo o artigo 226, §3º da Constituição Federal, em seu Art. 1º, "é reconhecida como entidade familiar a convivência duradoura, pública e contínua, de um homem e uma mulher, estabelecida com objetivo de constituição de família". Isso quer dizer que família, para o projeto, é somente a heterossexual.

A proposta exclui a possibilidade de famílias homoafetivas e de famílias formadas por mães ou pais solteiros. Quem exibir em seu comercial de televisão, por exemplo, uma família de dois pais, pode arcar com uma multa que varia de R$ 5 mil a R$ 10 mil. A proposta é de autoria do deputado federal Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR) e altera a Lei nº 9.278, de 10 de maio de 1996.

O relator do projeto é o deputado federal Salvador Zimbaldi (PDT-SP), que deu em 19 de junho na Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI) seu parecer favorável para o texto continuar tramitando na Câmara até sua aprovação em Plenário. O PLC recebeu no último dia 3 três emendas e seguiu de volta para análise do relator. 

Nenhum comentário:

ESTAMOS DE OLHO!

Pesquisa do Senado sobre a PLC 122/06 que criminaliza a HOMOFOBIA:

Os resultados da pesquisa de opinião realizada pelo Senado Federal a respeito da PL 122/06, que criminaliza a homofobia e outros crimes de discriminação, ainda não foram divulgados.

Isso nos preocupa um pouco, na medida em que os resultados acompanhados em tempo real pelo site, durante o mês de novembro, em vários momentos retrocederam em números reais.
Órgãos da imprensa noticiavam tentativa de invasão e possíveis alterações dos resultados (favorecendo o NÃO ao projeto).
Mandamos - novamente - mensagem ao "Alô Senado" esta semana para saber o que realmente ocorreu e ficaremos acompanhando suas respostas já que este projeto, além de interesse público geral, é de interesse específico das mulheres lésbicas de todo o país.

PESQUISA - divulgação de resultados

PESQUISA - divulgação de resultados
02 locais e horários diferentes em Porto Alegre, dia 11-05

Feministas unificam apresentação da pesquisa!

A apresentação da pesquisa "Mulheres Brasileiras nos espaços Públicos e Privado" será apresentada para TODO O MOVIMENTO FEMINISTA num único horário em POA:
11-05, das 9 às 11h30, no Auditório da CUT-RS.

Adote esta campanha!

Adote esta campanha!
Acorda Congresso!

Pela Aprovação do PLC122/06

Pela Aprovação do PLC122/06
Vote a favor do projeto pelo link http://www.naohomofobia.com.br/

16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra as Mulheres

16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra as Mulheres
16 dias de ativismo

Homens pelo fim da Violência contra as mulheres

Homens pelo fim da Violência contra as mulheres
http://www.homenspelofimdaviolencia.com.br/

SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

MANIFESTO LÉSBICO FEMINISTA ANTI-CAPITALISTA

29 de Agosto de 2008
Cique AQUI para acessar