terça-feira, 30 de agosto de 2011

Sucesso no encerramento da Jornada Lésbica, no dia 29-08-2011!

5h30 da manhã toca o celular – era a Débora, responsável pela montagem
do palco e do som, perguntando se aconteceria o evento com chuva...
respondemos que SIM, naquele momento não podíamos cancelar nada,
afinal o dia ainda nem havia nascido.
Algumas ponderações sobre a segurança dos trabalhadores (a tempestade
tinha raios e trovões!!!) e acordamos que eles iriam para o local e só
começariam a montagem se fosse considerado seguro.
8hs – Já no largo, palco em construção (chove muuuito em Porto Alegre)
– seguramos a montagem do som (ainda há risco para os trabalhadores
que têm de mexer com eletricidade).
8h30 – recebo o 3o. Telefonema das parceiras do movimento social,
querendo saber se vamos manter o evento – para todas a mesma resposta:
SIM, vamos manter o evento, pelo menos por hora... durante o dia vamos
conversando!
9h – Eu, Mary e Rose avaliamos a possibilidade de cancelar a atividade
… ainda chove muuuto! Depois de algumas conversas, não tem como usar
palco em outra data; os custos terão de ser pagos, mesmo. O largo,
então, vai ser a maior dificuldade liberar de novo... adiamos a
decisão para as 10h.
9h30 – A chuva cede e até aparecem alguns raios de sol... entre
muuuuitas núvens.
Autorizamos a montagem do som . . . começam as montagens da bancas!
Vamos arriscar!
O dica prossegue – chove e para, chove e para. Perto do meio dia a
chuva dá uma tregua, mesmo! Começamos a colocar os materiais nas
bancas que ainda estão sendo montadas.... as pessoas começam a
perceber a movimentação: o palco já está com identidade e do outro
lado do largo – no paço municipal – o pessoal da saúde do município
faz um ato público, com som. Vamos até lá, negociar com @s
companheir@s. Acordamos que manteremos nosso som um pouco baixo
enquanto eles estiverem pos ali - afinal a reivindicação é pra lá de
justa! - respeitando a manifestação. Eles se comprometem a ficar até
16hs apenas para que possamos usar o nosso som.
13h30 – saio com a Mary para a Câmara Muncipal – temos Tribuna Popular
na Câmara, tentando auxiliar na articulação para reativarmos a Frente
LGBT do município. Antes passamos na EPTC para pegar a licença para
caminhada.
14h30 – A tribuna atrasou... no largo a meninas já montaram as bancas
e estão panfleteando a população. O Paulinho, do Sindisindi já está
por lá, filmando tudo!
Fazemos a Tribuna e voltamos para o Largo, são 15hs. Meu telefone tem
14 chamadas não atendidas... Putz.... esqueci a entrevista agendada
com o canal Futura!
Liguei para Zilda (companheira que articulou a entrevista) e "tentei
me desculpar" … quase em vão – eu confesso – ela garimpou um espaço AO
VIVO e eu "furei" - ela foi quem ficou mal (desculpa Zilda!
Publicamente!). Falha minha - e dos vereadores e vereadoras que só
chegaram na segunda chamada!
Voltamos para o largo, não consigo almoçar …. parece que nada vai
descer redondinho!
Muita panfleteação depois, negociação com a EPTC para o trajeto da
caminhada, algumas discussões mais acaloradas pela falta de respeito
de alguns e muitos sorrisos e afagos de outros, resolvemos ficar no
largo - que ta rendendo bastante com o final da chuva.
17hs começamos com o palco - 13 falas do movimento social - Todas
Mulheres, dentre elas, uma travesti!
Claudete (LBL), Carol (Anel), Deise (LBL e Bancarios do Litoral
Norte), Estela (MMM), Silvana (LBL), Helena (SindiSaúde e Federação
Trabalhadores em Saúde), Carla (GHC), Marcelly (IGualdade), Denise
(Federação dos Bancários), Gisela (Sindisepe), Naiara (LBL e
Sintrajufe), Sonia (Sindisprev) e Roselaine (LBL).
O Poder Público também estava lá: presentes o Fábulo e Tâmara pela
Secretaria de Justiça e DH do Estado do RS (responsáveis pela
colocação do palco e do som, que garantiram nossas falas). A Evelise,
representando a SPM-RS e a Vereadora Sofia Cavedon, presidenta da
Câmara de Vereadores. Além disso tivemos todo o apoio da Brigada
Militar e da EPTC, com agentes e soldados extremamente cordiais e
atenciosos. Ah, e as bancas, custeadas pela Secretaria de Segurança e
DH da Prefeitura de Porto Alegre.
Mantendo nossa autonomia, enquanto movimento, agradecemos todas as
presenças do poder público, mas no ato da Visibilidae Lésbica só falam
MULHERES e do MOVIMENTO SOCIAL! Haviam muitos companheiros homens, em
especial do movimento sindical, que também apoiou a atividade e a
Jornada, mas todos entenderem o protagonismo das mulheres nesta data.
Foi muito legal!
No Final "Showzaço" com a Blanca Queiroga (patrocinada pelo Venezianos
PUB Café) da Ny e do Grupo de Samba "Você Samba" formado por quatro
mulheres lindas (vocal, tantam, percussão e pandeiro) e um garotão no
cavaquinho. Foi muito legal e rolou até quase 22h.
Vamos publicar fotos em breve!
Por hora olhem estas postagens:
http://sul21.com.br/jornal/2011/08/porto-alegre-realiza-dia-da-visibilidade-lesbica-veja-as-imagens/
http://www2.camarapoa.rs.gov.br/noticias.php?n=15204

---------------------
www.lblrs.blogspot.com

Nenhum comentário:

NÃO SE CALE DIANTE DA DISCRIMINAÇÃO

Art. 150 da Lei Orgânica do Município de Porto Alegre:

"Sofrerão penalidades de multa até a cassação do Alvará de instalação e funcionamento, os estabelecimentos de pessoas físicas e jurídicas que, no território do município, praticarem ato discriminatório racial, de gênero, por orientação sexual, étnica ou religiosa em razão de nascimento, idade, estado civil, de trabalho rural ou urbano, de filosofia ou convicção política, de deficiência física, imunológica, sensorial ou mental, de cumprimento de pena, cor ou em razão de qualquer particularidade ou condição". (Lei Orgânica do Município)

Lei nº 11.872/2002, do Estado do Rio Grande do Sul:


"Art. 1º - O Estado do Rio Grande do Sul, por sua administração direta e indireta, reconhece o respeito à igual dignidade da pessoa humana de todos os seus cidadãos, devendo, para tanto, promover sua integração e reprimir os atos atentatórios a esta dignidade, especialmente toda forma de discriminação fundada na orientação, práticas, manifestação, identidade, preferências sexuais, exercidas dentro dos limites da liberdade de cada um e sem prejuízos a terceiros.

§ 1º - Estão abrangidos nos efeitos protetivos desta Lei todas as pessoas, naturais e jurídicas, que sofrerem qualquer medida discriminatória em virtude de sua ligação, pública ou privada, com integrantes de grupos discriminados, suas organizações ou órgãos encarregados do desenvolvimento das políticas promotoras dos direitos humanos.

§ 2º - Equiparam-se aos órgãos e organizações acima referidos a coletividade de pessoas, ainda que indetermináveis, e sem personalidade jurídica, que colabore, de qualquer forma, na promoção dos direitos humanos".

Disque Denúncia

Disque 100

ESTAMOS DE OLHO!

Pesquisa do Senado sobre a PLC 122/06 que criminaliza a HOMOFOBIA:

Os resultados da pesquisa de opinião realizada pelo Senado Federal a respeito da PL 122/06, que criminaliza a homofobia e outros crimes de discriminação, ainda não foram divulgados.

Isso nos preocupa um pouco, na medida em que os resultados acompanhados em tempo real pelo site, durante o mês de novembro, em vários momentos retrocederam em números reais.
Órgãos da imprensa noticiavam tentativa de invasão e possíveis alterações dos resultados (favorecendo o NÃO ao projeto).
Mandamos - novamente - mensagem ao "Alô Senado" esta semana para saber o que realmente ocorreu e ficaremos acompanhando suas respostas já que este projeto, além de interesse público geral, é de interesse específico das mulheres lésbicas de todo o país.

Adote esta campanha!

Adote esta campanha!
Acorda Congresso!

GRANDE MARCHA FEMINISTA

A Ação 2010 da Marcha Mundial das Mulheres, que aconteceu de 08 a 18 de MARÇO de 2010, entre CAMPINAS e SP, reuniu mais de 2000 marchantes de todos os estados brasileiros onde a MMM se organiza.
Nós Mulheres Lésbicas, também estivemos nesta CAMINHADA, marcando nossa posição contra a lesbofobia, inclusive dentro do movimento feminista. Não foram poucos os momentos em que pautamos a dicussão do preconceito contra as mulheres lésbicas e bissexuais, aprofundando de forma consistente este debate no campo no feminismo.
Para saber mais acesse o blog da MMM:


http://mmm-rs.blogspot.com/
ou Leia o Documento de Divulgação da Ação 2010 no link:


http://www.sof.org.br/publica/jornal_acao_2010.pdf

MANIFESTO LÉSBICO FEMINISTA ANTI-CAPITALISTA

29 de Agosto de 2008
Cique AQUI para acessar