sábado, 15 de outubro de 2011

Jovens Lésbicas Agredidas em Supermercado de Porto Alegre

No final da tarde desse domingo, Carmel, 23 anos, e a Luísa, de 22, de Porto Alegre, foram agredidas no supermercado Zafari no bairro Ipiranga, na capital gaúcha, enquanto saiam do local. As mulheres que vivem juntas haviam feito compras no local e estavam abraçadas quando uma cliente disse "que nojo!" enquanto o casal passava por ela. As duas interceptaram a mulher e foram tirar satisfação. Elas alertaram que preconceito é crime pela legislação estadual gaúcha e pediram para ela repetir o que falou. A mulher, ainda não identificada, com aproximadamente 50 anos de idade, repetiu a ofensa e a discussão virou uma briga. Dois homens e a mulher passaram a agredir fisicamente o casal de lésbicas com socos, pontapés e puxões de cabelo. Um segurança do local chegou a segurar uma das lésbicas, enquanto os outros batiam na companheira.


A confusão foi registrada na mesma noite pelo casal de lésbicas na 10ª delegacia distrital de polícia de Porto Alegre, na forma de um boletim de ocorrência. O estabelecimento se comprometeu a fornecer imagens das agressões e dados que possam identificar os agressores.

fonte/detalhes:

http://www.feminismo.org.br/livre/index.php?option=com_content&view=article&id=6285:jovens-lesbicas-sao-agredidas-em-supermercado-de-porto-alegre&catid=140:mulheres-lesbicas&Itemid=547


================

A LBL-RS participou na quinta-feira de uma reportagem na rede Bandeirantes de televisão que abordou a agressão. Estamos de olho para ver se a lei será cumprida, já que homofobia e lesbofobia são CRIMES no estado do RS, conforme a Lei 11.872/2002, do Estado do Rio Grande do Sul:


"Art. 1º - O Estado do Rio Grande do Sul, por sua administração direta e indireta, reconhece o respeito à igual dignidade da pessoa humana de todos os seus cidadãos, devendo, para tanto, promover sua integração e reprimir os atos atentatórios a esta dignidade, especialmente toda forma de discriminação fundada na orientação, práticas, manifestação, identidade, preferências sexuais, exercidas dentro dos limites da liberdade de cada um e sem prejuízos a terceiros.

Nenhum comentário: